sábado, 19 de abril de 2014

O ESPORTE NA SÃO PAULO-PARANÁ: FUTEBOL

Clique sobre as fotos







O futebol, como não podia deixar de ser, era o esporte preferidos dos ferroviários, o que os fez criar, com a colaboração da administração da empresa, em 27 de março de 1937, o "São Paulo-Paraná Futebol Clube.
 Sua primeira diretoria foi constituída por:

Dr. Wallace H. Morton – Presidente

Dr.James Lister Adamson – Presidente “Honoris Causa”

Dr. Alastair T. Munro – Vice-presidente

Hermínio Socci – Diretor Geral
João Batista Lopes – 1º Secretário
Olímpio Jorge de Morais – 2º Secretário
Teobaldo José da Costa – Tesoureiro
Luiz Zanotto – 2º Tesoureiro
Anselmo Gonzáles, Orivaldo dos Santos e José Malaquias – 1º, 2º e 3º diretores esportivos respectivamente
Ormuz Ferreira Cordeiro – Orador oficial
Artur Herrington Smith, Miguel Ospar, Antonio Dias Ferraz, Antonio Lopes, Jorge Torres Galvão e Osvaldo Correia – Membros do Conselho de Finanças
Carlos Eduardo Devienne, Benedito Monteiro, Dirceu Viana, Asdrúbal Nascimento, Castorino Ferraz Bueno, Manoel Lopes, José Bueno Lopes e José Del Ciel Filho – Membros do Conselho de Sindicância




quinta-feira, 17 de abril de 2014

CONHECENDO O PERCURSO DA "SÃO PAULO-PARANÁ" - AS ESTAÇÕES DURANTE A ADMINISTRAÇÃO INGLESA (1928-1944)



Por este mapa vemos que após a aquisição da ferrovia por uma empresa  de capital inglês, seguiram-se as estações :
Meireles
Ingá
(travessia do Rio Cinzas)
Bandeirantes   
(travessia do Rio Laranjeiras)
Santa Mariana
Cornélio Procópio
(travessia do Rio Congonhas)
Congonhas
Urai (Pirianito)
Frei Timóteo
Jatai
(travessia do Rio Tibagi)
Londrina
Nova Dantzig (Cambé)
Rolandia

 Após Rolândia, a última estação que esse mapa nos mostra, a companhia inglesa construiu mais duas estações: Arapongas e Apucarana.